Qual o Tamanho da sua Perna?

O que é o método Influenciosfera?
7 de abril de 2016
5 Expectativas que Você tem que Mudar Hoje!
12 de abril de 2016

O questionamento de hoje é muito simples e direto: para você, a taça está meio cheia ou meio vazia? Se você disse meio vazia, fique aqui e leia o texto até o final. Se você disse que a taça está meio cheia, continue lendo também, já que você vai poder explicar isso para alguém cuja taça está meio vazia.

E, antes que você pense “isso é sobre pessimismo”, não é. Mesmo. Isso tem tudo a ver com o modo que você vê o mundo, sim, mas o foco não é que você sempre assume o pior. O foco é por que você sempre assume o pior. É isso que vamos tentar desvendar: o motivo do seu copo estar sempre vazio.

Quando você pensa no adágio popular, “Não dê um pulo maior que a perna”. Você acha que está sendo prudente. Cauteloso. Mas na verdade, se você pensa assim, seu cérebro está, na verdade, dando ordens diárias para você:

– Concentre-se na perna, não no pulo.
– Pense no problema, não na solução.
– Fale sempre que o sol está morrendo ao entardecer e jamais que está nascendo para clarear outro país.

Quando estamos de frente para uma crise, temos duas formas de encará-la: como uma oportunidade ou como uma dificuldade. Somos criados para pensar que toda dificuldade gera uma oportunidade, mas por que ficamos tão pouco felizes (aliás, ficamos devastados) quando estamos em uma crise?

A resposta, bastante simples, não é de nenhum fator externo. A sua percepção de dificuldade é exatamente isso, apenas sua. Você vê dificuldade. Você se sabota. Mas não é de graça, não.

No fundo, não é o pessimismo que o move. É a Insegurança. Um dos 7 Pecados da Argumentação.

É difícil transmitir confiança e uma atitude positiva quando você está pensando nas ramificações negativas de uma ação. Pessoa inseguras conseguem reduzir a energia potencial de uma sala para zero com poucas palavras e é justamente por isso que são, muitas vezes, desqualificadas.

Ele é sempre pessimista, é assim mesmo. Deixa pra lá…

Ouviu? Esse foi o som da sua credibilidade esvaindo, da sua colaboração indo embora. Detectaram o seu comportamento inseguro e estão usando ele contra você!

Por isso que você deve começar hoje a tomar riscos mais calculados, até para conseguir convencer as pessoas da veracidade das suas palavras!

O segredo é você sentir e agir estrategicamente: use a perna dos outros para dar um pulo maior, ao invés de calcular o tamanho da sua perna. Invente uma ponte chamada Conhecimento no abismo onde você vai ter que pular. Coloque molas em seus pés, isto é, seja tático. Afaste-se mais, tome distância para dar um pulo com maior velocidade, isto é, retroceda aos estudos para adquirir fôlego para o seu pulo.

Mas nunca, em hipótese alguma, jamais (sim, quero reforçar que você nunca deve fazer isso!) acredite que, para vencer, você não pode dar um pulo maior que sua perna. Cair na Insegurança é ser vítima de um dos mais sutis dos 7 Pecados da Argumentação, mas que também destrói sua credibilidade.

Então, quer ser levado a sério? Deixe de levar tudo tão a sério. Tire o rótulo de “pessimista” que colaram na sua roupa. Não deixe a Insegurança vencer você.

A Insegurança é apenas um dos 7 Pecados da Argumentação! Vencer a Insegurança é apenas uma batalha! Conheça os outros pecados para vencer definitivamente a guerra clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *