Todos Os Mundos Em Um

Comunicação com Resultados! Esse é o meu lema. E qual é o seu?
9 de novembro de 2018
As Palavras Mais Utilizadas em 2018
12 de dezembro de 2018

Sinara Conessa não cabe no mundo.

Pelo menos no mundo que criaram para ela.

Ela é, essencialmente, uma mulher que transborda… E preenche cada um dos espaços por onde passa.

 

Porque assim ela é, e é assim que sempre foi. Uma mulher com valores muito mais humanos que monetários e com uma incansável busca pelo engrandecimento do mundo: do seu, o de cada um e o de todos.

Sinara sempre procura o novo porque gosta de aprender. Ela é curiosa, dessas pessoas que não param de evoluir e sabem como cativar seus semelhantes sendo apenas ela mesma. Sinara é simples, mas não simplória. Generosa, mas não ingênua. Íntegra, mas não dura. Humana, como deve ser.

 

É isso que a faz Sinara, com seu imenso desejo de contribuir e melhorar, a partir do seu mundo, o mundo de todos.

 

Amante incontrolável da natureza ela consegue, sem exercer nenhuma militância, estimular no mais duro dos homens, os mesmos princípios. Porque fala com o coração e é, justamente pela magnitude do seu coração, que consegue suprimir qualquer tradição hierárquica para, simplesmente, humanizar suas relações.

Sinara aprendeu com a vida que não importa a posição ocupada, mas, a forma como você posiciona seus semelhantes. E é justamente por elevar todos à sua altura que Sinara se diferencia.

 

É por conta da sua indissociável necessidade de agregar que ela ajuda a tornar o mundo um lugar melhor. E maior.

 

Porque o seu pequeno mundo é incapaz de caber nele mesmo. O mundo de Sinara se expande e se dilata a cada movimento que faz, e se mistura – sem invadir – ao mundo de tantas outras pessoas.

É assim que ela acredita que o mundo pode se livrar de todos os males que tanto o maltratam: por meio de uma grande corrente do bem. E assim ela faz a própria parte, acreditando incondicionalmente na capacidade do ser humano em dar o melhor de si.

Pois, foi na construção da sua longa carreira como empresária de destaque do ramo de tecnologia, que sofreu seus piores reveses, embora, nem por isso tenha deixado de acreditar, valorizar e estimular o melhor em cada um com quem tenha contato.

 

Pelo contrário, ela diz que é nas adversidades e apesar dos traumas que devemos aprender a melhorar.

E assim segue, entregando-se de corpo e alma ao que acredita, contornando de cabeça erguida cada dificuldade. Isso porque ela sabe que o mundo é feito de “pequenos mundos” e pessoas que, no fim das contas, desejam viver…

…em um mundo que seja um só.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *